Picos Pro Race edição 2021

A edição 2021 da Picos Pro Race já tem data para acontecer.  A exemplo do que aconteceu este ano, a maior prova de mountain bike do Norte e Nordeste do Brasil também terá três dias  e será realizada entre os dias 2 e 4 de julho.  O anúncio foi feito pelo organizador da competição,  Daniel Freitas, durante o encerramento da Picos Pro Race, neste domingo. As inscrições serão iniciadas ainda em janeiro. 

Daniel avaliou o evento como positivo. “Estamos em ano atípico por conta da pandemia, mas, ainda assim,    batemos recorde de inscrições. Fazemos uma prova totalmente pensando nos nossos atletas e ficamos satisfeitos deles terem confiado na nossa competição. Temos certeza que todos que participaram, se desafiaram e sairam mais fortes dessa prova”, avaliou.

Daniel lembrou ainda que, com a mudança na data da prova, por conta da pandemia, a nova data coincidiu com o aniversário de Picos. “Com isso, foi o nosso presente para a cidade, para as pessoas, que puderam conferir um grande evento que trouxe ciclistas de todo o Brasil e também de outros países, encerrando o ano esportivo com chave de ouro”, disse.

A edição 2020 da Picos Pro Race foi a primeira que aconteceu em três dias, sendo dois de competição. A prova contou com as categorias Ultra e Classic e os atletas puderam conferir diversos percursos com até 1800 metros de altimetria. Para o próximo ano, Daniel promete trilhas ainda mais desafiadoras, que é a principal característica da prova.

Este ano, o percurso da prova passou pelas cidades de Picos,  São José e  Santana do Piauí. “A gente agradece o empenho e a parceria com a Prefeitura que sempre tem nos apoiado nesse evento. Os atletas já pedem que o percurso passe por Santana do Piauí”, comentou Daniel.

A Prefeita de Santana,  Maria José,  destacou a importância do evento para a cidade.  De acordo com ela, a Picos Pro Race já entrou no calendário da cidade e os moradores sempre aguardam pelo evento. “A nossa avaliação dessa parceria é totalmente positiva. É um evento que movimenta a cidade, tanto na parte econômica quanto no incentivo ao esporte”, finalizou.

Os créditos das fotos são do César Delong.

VEJA TAMBÉM