Strade Bianche apresenta sua 15ª Edição

A 15ª edição do Strade Bianche, que será disputado no dia 6 de março, tanto na categoria masculina quanto feminina, foi confirmado com a habitual partida e chegada em Siena e um total de 184 e 136 quilômetros, respectivamente.

Entre os 184 quilômetros de prova na corrida masculina estão 11 setores por estradas de cascalho, o que representa um percurso de 34,2.

O último corredor a levantar os braços na Piazza del Campo de Siena foi o belga Wout van Aert, que também venceu a 111ª edição do Milan-Sanremo no mesmo ano, um feito igualado apenas por Julian Alaphilippe em 2019, Michal Kwiatkowski em 2017 e Fabian Cancellara em 2008.

“Aquela semana na Itália com a minha vitória no Strade Bianche e logo depois em Milão-Sanremo foi o período mais especial do ano para mim. Foi um momento muito intenso, após o reinício da temporada, e foi uma experiência única passar de um sucesso para outro”, disse Van Aert.

O tour do Strade Bianche será sinuoso e ondulante, sem longas subidas, mas com colinas complicadas, especialmente em seções não pavimentadas.

As mulheres enfrentarão 136 quilômetros, com 8 setores de estrada de terra batida, 31,4 quilômetros, 23,1% do percurso.

O Strade Bianche Women Elite se tornará um dos eventos mais espetaculares do ano, um evento único no cenário mundial do ciclismo graças tanto ao seu caráter especial da prova quanto ao alto nível de participantes. As duas edições anteriores foram vencidas pela holandesa Annemiek van Vleuten.

VEJA TAMBÉM

Tim Merlier vence Le Samyn 2021

O ciclista Belga Tim Merlier (Alpecin-Fenix) ganhou a 53ª Edição do G.P. Le Samyn, prova com 205,4 quilômetros entre as cidades de Quaregnon e Dour,