Neff Dá Show, Mitterwallner surpreende em Andora

A suíça é a primeira líder da Série Internazionali d’Italia entre as Mulheres Open. Atrás dela, a jovem austríaca Sara Cortinovis em primeiro lugar entre as Sub-23.

Certamente não faltou pretendentes para a primeira camisola de líder da Internazionali d’Italia Series assinada pela GSG no Open Feminino.

A suíça Jolanda Neff conquistou sua primeira vitória na temporada com uma brilhante atuação, recuperando uma largada que a viu perder o ritmo das primeiras líderes da corrida.

O primeiro ataque foi dado pela Lena Gerault (VCA Anjos Asterion), Sina Frei (Especializada), Anne Terpstra (Fantasma), Martina Berta e Greta Seiwald (ambas SantaCruz-FSA). Liderando a perseguição nesta primeira fase estava a Pauline Ferrand-Prévot (Absolute Absalon), que posteriormente não conseguiu encontrar o melhor ritmo, terminando com o 16º lugar.

Já a partir da segunda volta, no entanto, Jolanda Neff mostrou que havia encontrado o ritmo certo, voltando na sequência da primeira e depois acelerando na terceira, com o que provaria ser o ataque decisivo.

Atrás dela, no entanto, uma recuperação impressionante e inesperado foi a da austríaca Mona Mitterwallner, nascida em 2002, Campeã mundial júnior, ela manteve sua volta após volta sempre sob o minuto de atraso da liderança da corrida, recuperando posições e, finalmente, até corroendo a vantagem de Jolanda Neff: o segundo lugar é dela, a apenas 37 segundos da campeã suíça, bem como a camisola da melhor Sub-23 e um futuro bem promissor .

Terceiro lugar com 43 segundos para a excelente Anne Terpstra, seguida por Sina Frei (+0,56) e a melhor das italianas, a vencedora de Andora 2019 Martina Berta. fez a 27ª posição para a ligúria Francesca Saccu.

É ótimo chegar ao sucesso tão cedo na temporada“, disse Neff, “na verdade, no início eu queria tentar ficar com os primeiros imediatamente, mas eu encontrei boas sensações na pista e com eles o passo para fazer adiferença. Eu nunca tinha ido correr em Andora, eu encontrei um caminho divertido, muito natural, e foi um prazer voltar a correr aqui na Itália depois de mais de um ano e meio. Esperamos que em breve também possamos encontrar o calor dos torcedores, também em vista da Copa do Mundo em Val di Sole.”

Junior Women: festa para Sara Cortinovis

Voltando de um bom começo de temporada, Sara Cortinovis (Four Es Racing Team) aproveitou a satisfação vencer na categoria Junior Women, ao final de um duelo com Noelle Rüeschi (seleção suíça) resolvida apenas na reta final. Terceiro lugar com 21 segundos para o Vale de Aosta Giulia Challancin (Scott Libarna XCO), que provavelmente esperava algo mais desta estreia da Internazionali d’Italia Series.

Eu já tinha vencido na semana passada, mas hoje o nível era muito diferente, e por isso poder me confirmar vale o dobro“, explicou o jovem atleta de Bérgaco. “Exultando no mesmo objetivo que Jolanda Neffse colocou logo depois acrescentou outra emoção: minha atleta modelo é ela. “

VEJA TAMBÉM