Mikel Landa fora do Giro d’Italia após acidente na etapa 5

Mikel Landa(Bahrein Victorious) caiu do Giro d’Itália durante os quilômetros finais da etapa 5 para Cattolica depois que um atleta ter batido em um sinalizador de separador de estrada móveis de tráfego no meio da estrada. Sua equipa confirmou na quarta-feira que ele tinha sofrido uma fratura na clavícula.

“Nos quilômetros finais da corrida, Mikel Landa foi derrubado em um acidente envolvendo outros três atletas após uma colisão em uma ilha de tráfego”, anunciou o Bahrein Victorious. “Landa foi levado para o Hospital Riccione, onde está a receber tratamento, clavícula partida e várias costelas do lado esquerdo.”

Landa permanecerá no hospital em observação e passará por novos exames.

“Landa permaneceu consciente durante todo o tempo e está de bom humor para voltar à bicicleta o mais rápido possível”, disse a equipa.

Joe Dombrowski (Equipa dos Emirados Árabes Unidos), líder da classificação das montanhas, também caiu, mas conseguiu chegar aos 8h15 atrás do vencedor Caleb Ewan (Lotto Soudal).

François Bidard (AG2R Citroën) bateu junto com Landa, mas terminou a etapa oito minutos depois. Mais tarde, sua equipa confirmou que tinha fraturado a clavícula esquerda, com o francês forçado a abandonar a corrida.

Landa, no entanto, não conseguiu se levantar. Ele foi rapidamente alcançado pela equipa médica, com a televisão italiana sugerindo que ele se tinha magoado no ombro. Ele acabou sendo colocado em uma ambulância e levado para um hospital local.

“Ele estava com dor, não temos certeza se ele fraturou a clavícula ou o pulso”, disse franco Pellizotti, diretor do Bahrein Vitorioso.

“Mikel era o líder da nossa equipa e ele estava aqui para tentar ganhar o Giro. Vamos correr e ainda temos Pello Bilbao e Damiano Caruso.”

O acidente foi um dos três incidentes nos 20km finais, com Pavel Sivakov (Ineos Grenadiers) e desistindo de todas as suas ambições da Geral, terminando a 13m:08s .

Vídeo do momento da queda:

VEJA TAMBÉM