Mário Costa e Joana Monteiro foram os mais fortes na 2ª Prova de Ciclocrosse

PARTILHJE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

DETALHES

Mário Costa e Joana Monteiro, ambos da equipa Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde, impuseram-se nas provas de elite da segunda etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse, disputada, neste domingo, em Melgaço.

Uma semana depois do arranque da Taça, em Abrantes, a comunidade nacional de ciclocrosse deslocou-se para o extremo Norte do País. A proximidade de Melgaço à Galiza seduziu também as equipas do outro lado da fronteira, acrescentando diversidade e competitividade às corridas. Ainda assim, os portugueses mantiveram a primazia na categoria de elite.

O campeão nacional, Mário Costa, foi o mais forte na prova masculina, baralhando as contas da geral.

Foto: FPC

Vítor Santos, também da Axpo/FirsBike Team/Vila do Conde, partia no comando, mas com o segundo lugar de hoje, a 9 segundos do vencedor, cedeu o primeiro posto da geral a Mário Costa, embora estejam em igualdade pontual. Jorge Magalhães (W52-FC Porto) foi o terceiro, a 10 segundos, e ocupa igual posto na geral da Taça.

Foto: FPC

João Cruz (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) voltou a ser o melhor sub-23 em pista, reforçando esse estatuto também no ranking da categoria.

Joana Monteiro conquistou a segunda vitória consecutiva na Taça de Portugal de Ciclocrosse, impondo-se em solitário e reforçando o comando da classificação geral.

Foto: FPC

A corredora minhota cortou a meta isolada, 2m19s antes da galega Isabel Castro (Condadobike AD). Leandra Gomes (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) fechou pódio, a 3m18s.

Foto: FPC

Beatriz Sousa (BTT Loulé/Elevis) foi a mais forte na categoria conjunta de juniores e sub-23 femininas, cimentando o lugar cimeiro na geral da respetiva categoria, o mesmo tendo conseguido o júnior Rafael Sousa (Guilhabreu BTT) no setor masculino.

Os protagonistas das provas de cadetes foram Miguel Pereira (Santa Cruz/Botelhos.pt) e Beatriz Guerra (BTT Loulé/Elevis), vencedores isolados das corridas masculina e feminina, respetivamente.

Entre os veteranos impuseram-se os masters 30 Augusto Midão (Rompe Trilhos/Ajpcar) e Eva Ortega (Biciosos Rías Baixas), os masters 40 Moisés Leboso (GD Diez) e Virgínia Moreira (Saertex Portugal/Edaetech), o master 50 António Passos (Rompe Trilhos/Ajpcar) e o master 60 Antonio González (CC Salvaterra de Miño).


O galego Xian Alvariño (CC Pontearas) foi o melhor na corrida juvenil.

A terceira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse vai disputar-se em Vouzela, no dia 12 de dezembro.