Rafael Reis e Daniela Campos são os campeões nacionais de contrarrelógio em elites

PARTILHJE

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

DETALHES

Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor) e Daniela Campos (Bizkaia-Durango) sagraram-se hoje campeões nacionais de contrarrelógio na categoria de elite elite, no arranque dos Campeonatos Nacionais de Estrada, que decorrem em Mogadouro, até domingo.

Os corredores masculinos de elite enfrentaram um percurso de 33,6 quilómetros, que, antes da partida, João Almeida (UAE Team Emirates) definiu como sendo para puros contrarrelogistas. O pódio viria a dar razão ao corredor das Caldas da Rainha, com os melhores especialistas presentes a darem cartas.

O mais veloz de todos acabaria por ser Rafael Reis. O palmelense parou o cronómetro nos 40m23s, tendo pedalado à estonteante média de 49,922 km/h. O segundo classificado foi Ivo Oliveira (UAE Team Emirates), que ficou a 29 segundos de recuperar um título que já lhe pertenceu em 2020. João Almeida, campeão no ano passado, fechou o pódio, a 41 segundos do vencedor.

As restantes categorias em prova fizeram um percurso mais curto, 21,5 quilómetros. Entre a elite feminina, Daniela Campos foi a mais forte, revalidando o título nacional de contrarrelógio. A jovem algarvia completou o percurso em 32m35s (média de 39,591 km/h), batendo a colega de equipa Beatriz Pereira por apenas 7 segundos. A terceira classificada, a 12 segundos da vencedora, foi Ana Caramelo (Kiwi Atlantico Louriña).

Os sub-23 masculinos também completaram 21,5 quilómetros, tendo Pedro Andrade (Efapel Cycling) arrebatado o título ao colega de equipa Fábio Fernandes. O ciclista feirense gastou 27m10s (média de 47,485 km/h), deixando nas posições imediatas Daniel Dias (Kelly-Simoldes-UDO), a 17 segundos, e Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor), a 36 segundos.

A prova feminina contou ainda com a presença das masters. Entre as mais jovens das veteranas impôs-se a master 30 Nádia Mendes (Cantanhede Cycling/Vesam), com 35m08s. A melhor master 40 foi Raquel Santos (CE Gonçalves/Azeitonense), com 36m07s. A vencedora em masters 50 foi Filomena Gomes (Vertentability/CRG), com 36m01s.

Mogadouro recebeu também os Campeonatos Nacionais de Contrarrelógio de paraciclismo, tendo sido coroados 13 vencedores:

Campões Nacionais de Paraciclismo
H2 Luís Jejum (Associação Salvador)
H3 João Pinto (Mirachoro Hotels/CC Portimão/Churasqueira do Vau)
H4 Feminina Sandra Manuel (Associação Salvador)
H4 Masculino Flávio Pacheco (Santa Cruz/Botelhos.pt)
H5 Feminina Felismina Gomes (Associação Salvador)
H5 Masculino Luís Costa
B Feminina Ana Silva/Isabel Caetano (Descobre Destreza Associação Desportiva)
C1 Bernardo Vieira (Academia Efapel de Ciclismo)
C2 Telmo Pinão (Academia Efapel de Ciclismo)
C3 Paulo Teixeira (Rodabike/ACRG/Gondomar)
C4 Ângelo Correia (Clube Ciclismo Amaro Antunes)
C5 Miguel Pacheco
D André Soares (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi)

O Campeonato Nacional de Estrada prossegue em Mogadouro, neste sábado, dia das provas de fundo para todas as categorias femininas e para os sub-23 masculinos. As femininas são as primeiras a competir, às 9h30. As corredoras de elite vão completar 87,6 quilómetros, as juniores, as masters 30 e as masters 40 têm por diante 65,3 quilómetros, enquanto a prova de cadetes e de masters 50 irá ficar-se pelos 43 quilómetros.