Joni Brandão e José Gonçalves já podem competir

PARTILHJE

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

DETALHES

A suspensão preventiva do caso “Prova Limpa” que decorreu em Abril no Grande Prémio O JOGO, terminou para Joni Brandão em meados de Novembro. O atleta militante da W52 FC Porto a partir de agora tem a liberdade de poder assinar contrato para 2023 e continuar a competir.

Foto: João Fonseca

Já o mesmo acontece a José Gonçalves proveniente da mesma equipa e que se encontrava com a mesma situação.

Foto: João Fonseca

Após 120 dias da suspensão preventiva feita pelas autoridades Antidopagem de Portugal (AdoP) ficam agora ilibados e podendo assinar contrato para correrem.