Britânicos dominam a velocidade no arranque do Troféu Internacional Artur Lopes

PARTILHJE

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

DETALHES

Disputou-se hoje no Velódromo de Sangalhos, em Anadia, o primeiro dia de competição do Troféu Internacional Artur Lopes. O dia ficou marcado pelo domínio britânico nas provas de velocidade, sendo que nesta sexta-feira os atletas presentes também competiram na perseguição individual e na corrida por pontos.

Os corredores da Grã-Bretanha deixaram claro, logo no primeiro dia de competição, que estão no Velódromo de Sangalhos para vencer, visto que tanto no setor masculino como no feminino foram capazes de derrotar toda a concorrência.

Os britânicos Joseph Truman e Hamish Turnbull (Great Britain) enfrentaram-se na final pelo ouro, com Truman  a levar a melhor e a vencer a prova. O terceiro lugar ficaria para Nick Wammes (Canada), que se superiorizou a Alejandro Martinez (Spain National Team).

No setor feminino foram também duas britânicas a disputarem a final o primeiro lugar, com Katy Marchant (Great Britain) a ser mais forte do que a sua compatriota, Lauren Bell (Great Britain). O terceiro lugar ficaria para Orla Walsh (Irland), que conseguiu impedir que a britânica Blaine Ridge-Davis (Great Britain) se juntasse às suas colegas de equipa no pódio.

Na perseguição individual as classificações estiveram mais equilibradas, com Iver Knotten (Tonsberg CK) a sagrar-se vencedor, com um tempo de 4’17”855. Brian Megens (Chaney Windows & Doors Cycling) foi segundo, a pouco mais de dois segundos. Mathieu Dupe (Team Ose Paracycling), foi mais forte do que o português Rodrigo Caixas (Credibom-LA Alumínios-MarcosCar), conseguindo assim fechar o pódio na terceira posição.

A Polónia fez-se representar entre os lugares cimeiros desta disciplina no setor feminino. Olga Wankiewicz (Polish Team) e Karolina Karasiewicz (Polish Team) disputaram a final pelo ouro, com a primeira a vencer. O terceiro lugar ficaria para Isabel Ferreres (La Vila Joiosa) que bateu Heidi Gaugain (Team OSE Paracycling).

Quem se dirigiu hoje ao Velódromo de Sangalhos também teve oportunidade de ver a corrida por pontos, disputada também em ambos os setores da categoria elite. No masculino foram dois os corredores portugueses a terminar entre os três primeiros, sendo que a vitória ficaria para Oscar Nilsson-Julien (AVC Aix-en-Provence), que somou um total de 71 pontos, acumulados também na sequência de três voltas ganhas ao pelotão. Iúri Leitão e João Matias (Equipa Portugal) conseguiram ambos ganhar duas voltas ao pelotão. O segundo lugar ficaria assim para Iúri Leitão, que somou 49 pontos, seguindo-se João Matias em terceiro, com 45 pontos.

No feminino foi Victoire Berteau (Cofidis Women Team) a superiorizar-se à concorrência, vencendo a prova com um total de 43 pontos. Seguiu-se Anita Stenberg (Norway), na segunda posição, com 38 pontos, com Marion Borras (France) a fechar em terceiro, com 28 pontos. A corredora portuguesa Maria Martins ficou a apenas dois pontos do pódio, terminando assim na quarta posição.

Amanhã será a vez de os atletas de endurance brilharem na pista de Sangalhos. A sessão da manhã irá decorrer entre as 09h30 e as 14h20, altura em que se irão disputar as duas primeiras provas do concurso de omnium, o scratch e a corrida tempo, e ainda a final de 500 metros para o setor feminino. A partir das 16h00 e até cerca das 20h00 teremos a corrida de eliminação e a corrida por pontos, que irá decidir os vencedores nas categorias júnior e elite, em ambos os setores. Na sessão da tarde os homens irão também competir na prova do quilómetro contrarrelógio.